Quarta-Feira, 18 de Outubro de 2017
O que você procura?

Na sua opinião, A luz de João 3:18, quem não crê no nome de Yaohúshua está:

Perdido (28.6%)
Salvo (14.3%)
Será perdoado (35.7%)
Vai para o Inferno (0%)
Não será salvo (21.4%)
Será compreendido (0%)
Terá uma outra oportunidade (0%)
Tá tudo bem (0%)

Newsletter

Nome:

E-mail:


nenhum registro encontrado!

YAOHÚSHUA O NOME QUE SALVA
Postado em: 04/03/2015 às 07h03
TAMANHO DA FONTE  A- A+
CONHECENDO O SÁBADO SHABAT
O SÁBADO SHABAT

VOCÊ PRECISA SABER O SABADO SHABAT Sem dúvida as leis reveladas no Velho Testamento foram decretadas pelo próprio YAOHUH ULHIM. Era a Intenção de YAOHUH ULHIM que as Leis de Mehushua Vigorassem em Nossos Dias? RESPOSTA: Segundo Nas Escrituras o shábbos não é uma instituição perpétua como a Lei não é. Observando a revelação de YAOHUH UL dada a Shaul, descobrimos que a Lei foi dada como uma alternativa, até que viesse a emunáh (fé), quando então seria tirada, ou seja, colocada de lado, porque teria assim cumprida sua finalidade (II Co. 3:11) - Mas digo isso: Que tendo sido o testamento anteriormente confirmado por YAOHUH UL, a Lei que veio quatrocentos e trinta anos depois, não o invalida, de forma a abolir a promessa. Logo para que é a Lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posterioridade... .de maneira que a Lei nos serviu de aio, para nos conduzir a YAOHUSHUA, para que, pela emunáh (fé) fossemos justificados. Mas depois que a emunáh (fé) veio, já não estamos debaixo de aio. Porque todos sois filhos de YAOHUH UL pela emunáh (fé) em YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY. (Gl. 3:17, 19:26). Vejam amados, se a guarda do shábbos fosse uma instituição perpétua, como poderia YAOHUH UL colocá-lo de lado? YAOHUH não é ULHIM de confusão. YAOHUH UL não é homem que minta, nem filho de homem para que se arrependa. É pela emunáh (fé) que nos tornamos filhos de YAOHUH UL; não por guardarmos um dia fixo de descanso. Não amesquinhemos o Altíssimo, pela mesquinhez de nossa mente. É importante entendermos que como Legislador, Yaohuh ele tem Autoridade e o direito de aplicar essas leis somente a certas pessoas ou grupos e de também fazer com que essas leis cessem de vigorar no devido tempo em que ele resolver. A Lei não foi dada para justificar, mas para revelar ao homem o seu pecado. A finalidade da Lei é mostrar ao homem o seu pecado, e então levá-lo até YAOHUSHUA, para que, a pessoa aceitando o sacrifício de YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY pela emunáh (fé), receba então, o perdão e a justificação de sues pecados. - Logo, para que é a Lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta na mão de um mediador. Logo a Lei é contra as promessas de YAOHUH UL? De nenhuma sorte, porque se dada fosse uma Lei pudesse vivificar, a justiça na verdade, teria sido pela Lei. De maneira que a Lei nos serviu de aio, para nos conduzir a YAOHUSHUA, para que pela emunáh (fé) fossemos justificados. Mas depois que a fé veio já não estamos debaixo de aio. Sabendo disso, que a Lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados , para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidade, e matricidas, para os homicidas, para os fornicários, para o sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina. (Gl. 3:19, 21-25; I Tm. 1:9-10) Os Yaohushuahim, vivem as Leis de YAOHUH UL porque sentem-se salvos em sua graça, mas não cumprem a Lei para salvar-se. Com esse entendimento, devemos responder a seguinte pergunta. Para quem foi dada a Lei trazida por Mehushua? RESPOSTA: A Lei de Mehushua foram dadas a Yaoshorul. O Concerto realizado no Sinai, foi um pacto entre YAOHUH ULHIM e o povo Yaohushuaelita e ninguém mais. A intenção de YAOHUH ULHIM era que as leis dadas por meio de Mehushua vigorassem somente para a nação de Yaoshorul. O que as Escrituras diz de sua intenção a respeito destas leis do Velho Testamento? Sobre a lei de Mehushua temos nas Escrituras as seguintes afirmações: 1 - Os Mandamentos foram dados somente a Yaoshorul. Deuteronômio 4:1 - Ao dar os Mandamentos, Mehushua disse que foram dados para Yaoshorul obedecê-los. Deuteronômio 4:44,45 - Eram leis, estatutos, etc, que Mehushua dispôs diante dos filhos de Yaoshorul, depois que eles saíram do Egito. Deuteronômio 5:1,6 - Mehushua falou ao povo de Yaoshorul e lhe deu Mandamentos para que ele os obedecesse. ULHIM o tirou da terra do Egito. Êxodo 34:27,28 - YAOHUH fez uma aliança com o povo de Yaoshorul, escrevendo nas tábuas as palavras da aliança, os Mandamentos. 1 Reis 8:9,21 - As duas tábuas de pedra contêm a aliança que YAOHUH fez com os filhos de Yaoshorul, quando eles saíram da terra do Egito. Deuteronômio 4:7-13 - Nenhuma outra nação teve tão grande lei como os Mandamentos. 2 - O shábbos foi dado somente a Yaoshorul. O shábbos era um pacto entre YAOHUH UL e os Yaohudim. Era bilateral, só teria validade com o cumprimento e a aceitação de ambas as partes. (Dt. 5:27; Lv. 26:45-46). É evidente, que quem estabeleceu as regras, ou quem propôs a Lei foi YAOHUH UL, porem os Yaohudim ouviram, entenderam e deram o sim; em outras palavras concordaram com o texto e assinaram o contrato, daí ficarem comprometidos de guardarem o shábbos. Todavia, nem os gentios; e nenhum representante do Oholyao de YAOHUSHUA estavam lá para ouvirem a Leitura do Concerto, entendê-lo e assiná-lo, ficando assim comprometidos com a guarda do shábbos. Nesse velho pacto YAOHU UL ia se revelando ao nível do povo, por seus oráculos, que se tornavam Leis. Tudo apontava para YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY, que havia de vir. Ele revelaria toda a Lei de YAOHU UL, inclusive a Lei que liberta da escravidão à guarda de um shábbos fixo (Mc. 2:27-28) Êxodo 31:12-17 Falou mais YAOHUH a Mehushua, dizendo: “Tu pois fala aos filhos de Yaosorul: Certamente guardareis meus shábbos, porquanto isso é um sinal entre Mim e vós, nas vossas gerações, para que saibais que Eu sou o Altíssimo, que vos santifica. Portanto guardareis o shábbos, porquanto separado é para vós, aquele que o profanar, certamente morrerá, porque qualquer que nele fizer alguma obra, aquela alma será extirpada do meio do seu povo..........Guardarão pois o shábbos os filhos de Yaoshorul......Entre Mim e os filhos de Yaoshorul será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o Altíssimo o shuolmayao e a terra, e ao sétimo dia descansou e restaurou-se. Observe-se nos textos grifados que o Altíssimo é claro, em dizer com quem é o Concerto para guardar o shábbos. (Ler Rm. 1:18-21; 2:12-16). Deuteronômio 5:15 - O povo de Yaoshorul (v. 1) era escravo na terra do Egito, ULHIM tirou-o de lá e ordenou que guardasse o shábbos. Atentem amados. O shábbos era o sinal entre ULHIM e Yaoshorul, tão certo como a circuncisão também o era (Gênesis 17; Romanos 4:11). Como poderia ser um sinal entre ULHIM e Yaoshorul se ele tivesse dado o mesmo mandamento a outras nações também? Se um homem desse anéis de noivado a várias mulheres, poderia um anel ser o sinal de seu especial relacionamento com sua esposa? (Veja HoshuaYaohu (Oséias) 2:11, 1:10; Kozokhyul (Ezequiel) 20:10-12). Entendemos que após a vinda do Mehushkhay YAOHUSHUA, que cumpriu a Lei de Mehushua, integral e cabalmente, nem mesmo os Yaohudim tem necessidade de guardar o shábbos, visto que o fim da Lei é YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY. Portanto todo Yaohudim convertido a YAOHUSHUA não está mais debaixo da Lei, não precisa guardar o shábbos, aliás, foi isso que Shaul disse em Gl. 3:23-29 e Rm. 7:4-6. YAOHUH UL aborrece o shábbos, porque envolve um preceito cerimonial carente de verdadeira emunáh (fé). O profeta YaoshuaYaohu, guiado pelo Rúkha de YAOHUH UL, oferece-nos a seguinte informação: - Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também as luas novas, os shábbos, e a convocação das congregações.....estou cansado de as sofrer. (Is. 1:13-14) O profeta YermYaohu também corrobora com as seguintes palavras: - YAOHUH UL em Sião pôs em esquecimento a solenidade e o shábbos, e na indignação da sua ira rejeitou com desprezo o rei e o sacerdote. (Lm. 2:6) Também o profeta HoshuaYaohu (Oséias) diz: - E farei cessar o seu gozo, as suas festas, as suas luas novas e os seus shábbos, e todas as suas festividades. (Os. 2:11). Se a guarda do shábbos fosse como alguns dizem, um mandamento “moral”, isto é, algo que não pode ser violado, como pode YAOHUH UL dizer que o aborrecia? Como poderia YAOHUH UL, que é Hodshua, Perfeito, Imutável, em quem não há sombra de variação, aborrecer-se e ficar saturado da observância de uma Lei que ele mesmo estabeleceu com caráter “moral” e imutável? Só quem está cego espiritualmente, é que não vê. Portanto, o shábbos foi instituído, para ser guardado pelos Yaohudim como um cerimonial, no qual a sinceridade e a pureza do coração tinham de estar presentes quando o mesmo fosse observado. É por isso que em várias ocasiões o shábbos era violado e os transgressores ficavam sem culpa (Mc. 2:23-28; Mt. 12:5, 11, 12; Jo. 7:22-23) O shábbos faz parte da Lei e esta foi totalmente abolida por YAOHUSHUA. – Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a Lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz. (Ef. 2:14-15). Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contraria, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz..(Cl. 2:14). Porque o precedente mandamento é abrogado por causa da sua fraqueza e inutilidade. (Hb. 7:18)Dizendo: Novo Concerto envelheceu o primeiro....(Hb. 8:13)Tira o primeiro para estabelecer o segundo.....(Bb. 10:9) O que está evidente nas passagens acima citadas?Ao cumprir YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY a Lei, esta foi por ele: • Desfeita• Riscada• Tirada do nosso meio• Cravada no Madeiro• Abrogada• Acabada por envelhecer• Tirada para dar lugar a graça. YAOHUH ULHIM removeu as leis do Velho Testamento porque elas já cumpriram o seu propósito. As leis do velho testamento, em geral, não estão mais em vigor hoje pela mesma razão que o sacrifício de animais, a circuncisão, etc. não vigoram mais. ULHIM as deu para cumprir um propósito. Elas cumpriram esse propósito, por isso Yaohuh ULHIM as revogou. Observe: o que foi removido foi a própria velha aliança, e não somente a condenação que ela trazia. O que foi removido foi a aliança e não somente as tradições humanas a respeito dela. Estas leis vigoraram através das gerações de Yaoshorul.ULHIM disse que todas as seguintes práticas deveriam durar através das gerações de Yaoshorul. • Gênesis 17:9,10 - Circuncisão• Êxodo 12:14; Levítico 23:21,31, 41 - Dias festivos santificados• Êxodo 29:42; 30:10 - Sacrifício de animais• Êxodo 30:8 - Incenso• Êxodo 30:31 - Óleo para santa unção• Êxodo 31:13-17 - Observação do shábbos• Êxodo 40:15; Números 18:23 - Sacerdotes levitas servindo no ta-bernáculo. Todas estas práticas dura-riam o mesmo tempo: através das gerações de Yaoshorul. Se algumas delas cessaram, então todas elas têm que ter cessado, desde que todas elas deveriam ter a mesma duração. Mas já provamos que muitas delas já cessaram, então todas devem ter cessado.Todas estas leis continuaram enquanto o relacionamento especial de Yaoshorul com YAOHUH ULHIM continuou e todas terminaram quando este relacionamento especial terminou. Ele terminou quando o evangelho entrou em vigor. Não há mais Yaohudim ou gentio, no plano de ULHIM (Gálatas 3:28; Efésios 2:11-18; Atos 10:34,35; 15:7-11). Hebreus, capítulos 7-10 Hebreus 7:11-14,18 – Segundo as Escrituras, a lei permitia somente sacerdotes da tribo de Levi. Ela, porém, predisse que o Mehushkhay seria um sacerdote, da tribo de Yaohudah. Isto exigiu que a lei fosse mudada (v. 12) e revogada (v. 18). A própria lei indicava que isto iria acontecer. Hebreus 8:6-13 - Estes versículos citam Yermyaohu 31:31-34, que predisseram que Yaohuh ULHIM haveria de fazer uma nova aliança, diferente da que fez com Yaoshorul, quando os conduziu para fora do Egito. No Novo Testamento Yaohushua hol Mehushkhay fez uma nova aliança; com isso a primeira envelheceu e desapareceu (v. 13). Novamente, isto cumpre a palavra de YAOHUH ULHIM no Velho Testamento e não a contradiz. Hebreus 10:1-18 - Os sacrifícios de animais oferecidos sob a primeira aliança não poderiam remover o pecado completamente. A morte de Yaohushua é o sacrifício da nova aliança e ela pode perdoar completamente. Assim, o Mehushukhay removeu o primeiro testamento e estabeleceu o segundo. Isto foi feito em harmonia com a vontade de YAOHUH ULHIM e não contra ela (v. 9,10). Isto explica o sentido pelo qual a lei era fraca e inútil: ela dizia aos homens que eles eram pecadores, mas não podia permanentemente perdoá-los (Hebreus 7:11-18; 8:6,7). Isto não significa que ULHIM se enganou ao dar a lei. Ela tinha um propósito, mas esse propósito era temporário. Quando veio a nova lei, a velha tinha cumprido seu propósito e não era mais necessária, por isso foi removida. 2 Coríntios 3:6-11Como em Hebreus, a Velha Aliança (v. 14) é confrontada com a Nova (v. 6). A Velha era um ministério da morte, porque ela provava que o homem merecia a morte. Ainda assim, ela veio com hodah. A Nova Aliança é um ministério de justiça e é mais gloriosa (v. 9). NOTE v. 11 - A que tinha hodah (a Velha Aliança - v. 7) foi removida, de modo que a que tem mais hodah (a Nova Aliança) possa permanecer. Note que o que foi removido não foi só a hodah, mas o que era glorioso, o próprio Velho Testamento. Gálatas, capítulos 3-5 Como em Hebreus, o resultado da lei foi que o homem ficou sob uma maldição, porque mostrava que os homens eram pecadores, porém ela não podia remover completamente a culpa (3:10; 2:16). Isto é confrontado com a salvação pela fé em Yaohushua hol Mehushkhay, sob as Boas Novas de Salvação (1:11,12; 3:26-28). Gálatas 3:24,25 - A lei foi um aio (tutor) para nos conduzir a Yaohsuhua. Mas, agora que a fé em Yaohushua o Filho de Yaohuh ULHIM chegou, não estamos mais debaixo do aio. Estar "debaixo" de uma lei significa estar sujeito a ela ou sob a obrigação de obedecê-la. Note 4:4,21 (veja I Coríntios 9:20,21; Manyaohu 8:9; Romanos 3:19). Não estamos só libertados da condenação da lei, mas estamos livres da própria lei, que foi o aio (veja 3:16,19). Gálatas 5:1-6 - Desde que não estamos mais sob a lei (5:18), a circuncisão não importa mais. Aqueles que seguem a velha lei estão submetidos a um jugo de escravidão, Yaohushua hol Mehushkhay não lhes aproveita em nada e não é de nenhum efeito para eles. Eles estão decaídos da graça. Romanos 7:1-6Novamente, em Romanos, Shaul está confrontando as Boas Novas de Salvação com o Velho Testamento. A lei mostrou aos homens que eles eram culpados do pecado (3:20,23). A lei trouxe condenação à morte (5:12; 6:23), mas não podia remover, permanentemente, a culpa. Não obstante, ULHIM não queria que todos os homens se perdessem, então Ele ofereceu Yaohushua o Seu Unigênito (as Boas Novas de Salvação) (1:16). Romanos 7:2,3 - Guardar o shábbos para os YAOHUSHUAhim é incorrer num grave pecado chamado – Adultério Espiritual.Ilustração: uma mulher está ligada ao seu esposo enquanto ele vive, e se ela casa com outro homem, ela é adúltera. Ela poderia se casar novamente, só quando seu esposo morrer. O servo de YAOHUH UL, Emissário Shaul, assim deu a entender em sua Carta aos Romanos, na comparação que fez no cap. 7, versos1-4 - Não sabeis vós irmãos (pois falo aos que sabem a Lei), que a Lei tem domínio sobre o homem todo o tempo em que vive? Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver, está-lhe ligada pela Lei; mas, morto o marido, está livre da Lei do marido. De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera, se for doutro marido; mas morto o marido, livre está da Lei e assim não será adúltera, se for doutro marido. Assim meus irmãos, também vóis, estais mortos para a Lei, pelo corpo de YAOHUSHUA, para que sejais doutro, daquele que ressuscitou dentre os mortos afim de que demos frutos para YAOHU UL .(Rm. 7:1-4). Neste texto descobrimos que tentar guardar o shábbos, porque é um preceito da Lei, é fazer o mesmo que faria uma mulher que, estando casada, procura-se andar com outro homem. Se uma pessoa entrega sua vida a YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY, está ligada à Ele, como uma moça está ligada a um rapaz desde o momento do casamento. Que pensaria YAOHUSHUA de uma pessoa que, ligada a Ele pela conversão, começa a se colocar debaixo da Lei? É por isso que disse Shaul: - Separados estais de YAOHUSHUA, vós os que vos justificais pela Lei. Da graça tendes caído. (Gl.5:4) Nessa relação de amor guardar um dia fixo da velha aliança, é não confiar no amor de YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY. Romanos 7:4-6 - Do mesmo modo, estamos mortos para a lei e libertados dela, bem como a mulher estava livre da lei do primeiro esposo (v. 2). Note que não estamos só livres da condenação da lei ou das tradições a respeito dela, mas estamos livres da própria lei (veja 6:14). E da mesma forma como a mulher poderia ligar-se a um segundo homem, estamos agora unidos ao Ungido. Note que não devemos seguir ambos, o Velho Testamento e a lei de Yaohushua. Temos um segundo e novo testamento, exatamente como a mulher tem um segundo e novo marido.Tentar seguir ambas as leis, ao mesmo tempo, seria como a mulher ter dois esposos de uma só vez. Seria adultério espiritual! Efésios 2:12-16 Antigamente, os gentios eram separados do relacionamento da aliança, gozado pelos Yaohudim. Por meio de sua morte, Yaohushua fez a paz entre os Yaohudim e os gentios. Mas, para fazer isto, Yaohushua teve que abolir a lei dos mandamentos, que era uma parede da separação entre Yaohudim e gentio. Ela tinha sido dada só aos Yaohudim e, assim, representava sua posição favorecida. Para conceder favor aos homens de todas as nações, YAOHUH ULHIM teve que remover a lei (veja Gálatas 3:28; Atos 10:34,35; Mateus 28:19; etc.). Se colocarmos o Velho Testamento, hoje, em vigor novamente, estaremos construindo de novo a parede da separação, para cuja destruição Yaohushua morreu. Estaremos tentando derrotar a morte de Yaohushua! Colossenses 2:13-17Eis um paralelo com Efésios 2. Shaul diz aos gentios incircuncisos (v. 13) que não permitam que as pessoas os condenem por não guardarem a Velha Lei (v. 16). A razão é que Yaohushua hol Mehushkhay cancelou o escrito de ordenanças e removeu-o inteiramente, encravando-o no Madeiro. O Ministério da Lei, (o shábbos também) findou com o Ministério de Yaohukhanan o Imersor (João Batista). Esta é uma afirmativa do próprio Odmorul YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY. - A Lei e os Profetas duraram até Yaohukhanan: desde então é anunciado o reino de YAOHUH UL, e todo o homem emprega força para entrar nele. (Lucas. 16:16) Porque todos os Profetas e a Lei profetizaram até Yaohukhanan (Manyaohu. 11:13) Porque a Lei foi dada por Mehushua, a graça e a verdade por YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY (Yaohukhanan 1:17). Ousa alguém tirar ou acrescentar alguma coisa às palavras do Omdorul YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY? É bom ler Kanodgalut 22:18-19.

 
LINK - ESPALHE POR AÍ!
 
Outras Notícias sobre YAOHÚSHUA O NOME QUE SALVA
15/03/2015
LILITHI A PRIMEIRA MULHER DE ADÃO
04/03/2015
OS QUE NÃO CRÊREM NO NOME YAOHÚSHUA JÁ ESTÃO CONDENADOS ?
04/03/2015
CONHECENDO O SÁBADO SHABAT
 Ultimos Vídeos
O NOME DE YÁOHUH
Data:31/01/2014
Visitas:1794
O Nome Sagrado YÁOHUH UL escondido dos Povos
Data:26/01/2014
Visitas:1705
LOUVAR A YÁOHUH
Data:26/01/2014
Visitas:1939

  Semeadores do Reino de YÁOHUH UL
08/02/2015
teste
Testanfo 2015
Publicidade

Oferecimento


Pesquise no portal.::
NOTÍCIAS TV AO VIVO RÁDIO AO VIVO ENTRETENIMENTO SERVIÇOS

©2017 - Casa de Oração Para Todos - todos os direitos reservados!